E-mail marketing, ainda funciona E-mail marketing, ainda funciona

Email Marketing ainda funciona?

Então será que o email marketing ainda funciona?

O Email marketing ainda funciona. Talvez você seja como eu e tenha como primeira lembrança quando o assunto é e-mail marketing a quantidade de spam ou publicidade irrelevante que chega no seu e-mail. Afinal, quem nunca recebeu mensagens indesejadas ou irrelevantes, não é mesmo?

Para podermos comprovar que o e-mail marketing ainda funciona, aqui vão algumas estatísticas do  Viver de Blog:

– 92% dos usuários na internet tem ao menos 1 conta de e-mail;

– 72% checam a sua caixa de entrada de e-mails 6x ou mais todo dia;

– Clientes que recebem uma newsletter por e-mail gastam 83% mais do que os não cadastrados;

– Em relação ao uso comercial, 75% dos usuários utilizam o e-mail contra apenas 3% das redes sociais;

– 44% das pessoas que recebem e-mails promocionais realizam ao menos uma compra;

– 82% dos consumidores abrem e-mails de companhias;

– E ainda, a cada 1 real investido, R$44,25 é o retorno médio na estratégia de e-mail marketing.

Então a resposta é: sim funciona! O email marketing ainda funciona.

Mas o grande desafio não está em enviar o e-mail marketing, está em encantar leitores, obter interações e manter uma lista de e-mails limpa e crescente. Ou seja, não fazer spam.

 

objetivo do email marketing

 

Quais são os benefícios do e-mail marketing?

– É uma forma econômica e sustentável de comunicação, as campanhas de e-mail marketing são consideradas de baixo custo;

– É possível automatizar o envio do e-mail marketing, o que facilita muito sua vida na criação de seus funis de venda e segmentação eficiente de público. Este é um excelente benefício pois te permite fazer campanhas mais eficientes e te faz perder menos tempo com elaboração e gestão

– Aumenta o reconhecimento da sua marca ou nome. Utilize-o como informativo ou newsletter, comunique-se com seu cliente ou lead. Se faça presente no processo de decisão dele;

– É útil para divulgação e promoções relâmpago. Por exemplo, imagine que você espera há algum tempo pela chegada de um celular em determinada loja, então você recebe um e-mail dela dizendo que só chegaram 10 telefones e quem responder ao e-mail tem prioridade na compra ou algum desconto.

Assim você instiga uma urgência para a resposta o e-mail e auxilia os consumidores tomarem medidas imediatas.

Ferramentas para Email Marketing

Além de tudo isso, existem diversas ferramentas no mercado que prometem ajudar essa gestão – além de automatizar, como já mencionamos. Elencamos algumas aqui como exemplos, mas existem muitas outras disponíveis e cabe a você analisar qual é a que mais atente suas necessidades:

– E-Goi (que atua em todas as fases do funil, desde a captação de novos clientes até a manutenção de relacionamentos já fundamentados);

– MailChimp (muito popular no Brasil e que tem uma ótima taxa de entrega dos e-mails);

– Get Reponse (que te ajuda até a criar landing pages e formulários, com modelos pré prontos);

– AWeber (que possuí um excelente custo x benefício e é usada por empresas consolidadas pelo mundo todo);

– RD Station (super útil para quem quer gerar leads e mantê-los).

 

Como utilizar o e-mail marketing?

Certamente o email marketing ainda funciona e possibilita que você segmente o público-alvo por listas de interesse e categorias.

Vamos supor que você é dono de uma marca de produtos de beleza reconhecida no Brasil, e tem como foco divulgar o lançamento de uma linha de batons.

De acordo com sua pesquisa ela tem aceitação por mulheres de 20 a 25 anos que se preocupam com produtos que não deem alergia (hipoalergênicos), mas seu produto também é indicado como protetor e hidratante para lábios ressecados.

 

Email marketing por alex gallegoNa pesquisa foi identificado que mulheres na faixa etária de 26 a 35 se preocupam mais com estes diferenciais.

OK, já temos nossas duas segmentações, as listas de e-mails deverão conter as pessoas com estes interesses, e poderão ser criadas antes mesmo do lançamento.

Como você vai conseguir formar essa lista de e-mails? Existem algumas téncicas. Uma delas é utilizar uma chamada promocional no site ou e-commerce como “Cadastre-se e receba primeiro as novidades do lançamento!” ou “Ganhe um brinde do lançamento!”. As clientes interessadas se cadastrarão, fornecendo os dados que você precisa para seu anúncio.

Enfim, analise suas opções e escolha uma estratégia que faça sentido para seu negócio.

Atrativos no Email Marketing que funcionam

Utilize conteúdos atrativos e de qualidade para engajar tráfego para o seu site, instigue seu cliente e futuro cliente a compartilhar o conteúdo que você envia, além de gerar um ótimo retorno pelo marketing boca-a-boca.

Uma maneira eficiente de fazer isto é não bombardear seus clientes com constantes tentativas de venda.

É importante que você crie um conteúdo variado onde, é claro, ofereça seus produtos e serviços, mas também ofereça conteúdo.

É muito comum utilizarmos a regra de Pareto, mais conhecida como “Regra 80/20” na hora de desenhar esses parâmetros. Ou seja, seu público deve receber suas campanhas e entende-lo 80% com conteúdo e 20% como propaganda.

Este equilíbrio fideliza e conquista novos clientes, além de aumentar seu potencial de venda.

Também não perca de vista a frequência de envios!

Não existe uma quantidade perfeita, mas você sempre deve procurar um equilíbrio entre um número de envios que cumpra seus objetivos empresariais, mas que não tenha frequência exaustiva, a ponto de seus clientes categorizarem como spam ou e-mail indesejado.

Lembre-se que mesmo que eles gostem dos seus produtos e serviços, o amor pode se tornar ódio se eles se sentirem invadidos pelos seus e-mails e pararem de ver relevância na sua marca.

Já ia me esquecendo!

Aproxime-se do seu cliente com datas comemorativas, como aniversários, todos gostamos de ser lembrados, tratar todos os clientes como únicos é fundamental para a longevidade da relação.

Da mesma forma, traga seu cliente para perto de você!

Crie um calendário editorial para seu email marketing que te permita programar e-mails especiais temáticos de acordo com os meses do ano ou com promoções sazonais ou, até mesmo, unindo ambos.

Um calendário editorial bem-feito é a base para aproximação com seus clientes, oferecendo conteúdo de qualidade e boas promoções.

Mas enviar e-mail marketing adianta se não vender? SERÁ?

Nem sempre! Podemos ter objetivos diversos para campanhas de e-mail.

Pode-se informar o novo horário de funcionamento, enviar nosso novo vídeo explicando o próximo acontecimento importante, e assim por diante.

Porém saber que o ROI (Retorno Sobre o Investimento) das campanhas de e-mail marketing está elevado ou não, é uma informação que deve ser levada em consideração.

Então para calcular o ROI no E-mail Marketing, é necessário dividir o custo total de uma ação com o lucro obtido pela mesma. É preciso colocar todos os custos de criação de campanhas, incluindo serviços utilizados e valores pagos pelo envio de e-mails em massa.

Conclusão

Na hora de realizar uma campanha, tenha em mente que seu trabalho vai muito além de somente planejá-la e executá-la. Ele continua mesmo depois da campanha ter chegado ao fim e, especialmente no caso de e-mail marketing, ela necessita de ajustes constantes.

Por isso, fique atento aos seus resultados! Saber analisa-los é fundamental para criar campanhas de e-mail marketing cada vez melhores.

Com a disputa por atenção cada vez maior entre as empresas, criar estratégias criativas para uma campanha é essencial.

Além disso devemos ter em mente o momento em que nosso público-alvo está lendo o conteúdo que enviamos.

Isto só para lembrar que devemos levar alguns outros aspectos como: Layout responsivo em sites e e-mail marketing, o tamanho adequado das fontes, Design de qualidade e foco da mensagem.

Finalmente agradeço, a leitura. Se tem dúvidas, nos envie. E se gostou, fico feliz. (Compartilhe para quem possa ser útil)

[Total: 0    Média: 0/5]
Compartilhar:

Sou um workaholic, talvez um pouco nerd, apaixonado por marketing e comportamento humano e empreendedor desde os 16 anos de idade (faz um tempinho…).

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *